Início    ACE    Biblioteca    Atas    Croquiteca    Links    Blogs    Fotos    Anúncios    Inscrição    Associados    Participantes
 Locais Detonados     Denuncie     Relate Acidente     Notícias     Fale Conosco     Área Restrita     Registrar Croqui 
"O bravo não é quem não sente medo, mas quem vence esse medo." Nelson Mandela

  Via Tubarão na Lagoa
Pedra do Lagoa - Afonso Cláudio
Catalogada por Taru
Graduação:  Sugestiva 4º V A0 (VI) 
Tamanho:  150m 
Nº de enfiadas: 
Material necessário:  12 costuras
1 corda 50m
Para a variante: Um jogo de Moveis
 
Conquistadores:  Silvestre José Vieira Coutinho  (Vet)  Tel.27/9977.8022
Wilson Trindade
Da escalada:  Para chegar ao local, em Afonso siga para o distrito de Lagoa (estrada que passa perto dos 3 Pontoes e que segue para Laranja da Terra - 5 Pontoes), antes de entrar no distrito de lagoa uns 500 metros, deve se entrar a direita e se informar como se chega a base da pedra da caverna.
O carro vai até uns 600 metros longe da base, a caminha é facil, procure se orientar pela foto/croqui.
A via é tranquila e bem protegida: Com paradas duplas a cada 25 metros.
A 1º enfiada pode ser feita pela direita em uma aderência ou a esquerda por fenda que conquistei como uma variante da mesma, a aderência é tranquila, mas a fenda se torna uma opção mais rápida, pois com 4 peças médias você ja pula a P1 e ja vai direto a P2, o lance fica Esposto mas é traquilo.
Da P2 para P3 você vai para esquerda e depois ira fazer um lance de V que foi conquistado em artificial, logo a frente você encontrara uma parada, não pare ai, siga pra cima uns 10 metros e você chegará a um grande plato, na frente a uma parada.
Entre a P3 e a P4 é um verdadeiro trepa mato com muito cuidado com os espinhos, eu estava sem camisa, foi lance de sofrimento, contorne a esquerda por uma arvore, voce vai fugir desses monstros.
P4 para P5 é o esticão bem legal, com um lance de bolder no inicio.
Seguindo para a P6, voce vai entrar em uma horizontal a direita, que pode ser feita em A0, ou em lances de VI, é complicado se tiver que retorna, pois uma corda de 50 não vai dar. hehehe, o bom é leva duas cordas, para deser toda via.
Sol na nuca o dia todo!
Levar água.
Não pisar ou rancar mudas da plantação que está na base.
Croqui     Veja quem escalou     Registre infos     Veja mais Infos


voltar pro início da página


Naoki (Naoki Arima) 05/11/2019 16:07:49
   Finalizada
voltar pro início da página


Se for inscrito no site clique aqui para fazer Login


Registre mais informações sobre a via
*Nome: 
Email: 
Telefone:   
Data:
    *Relato:
 
voltar pro início da página


Infos de quem escalou a via
1a enfiada – A via possui duas saídas. A saída original segue pela face em agarrência toda protegida com grampos. A variante segue pela laca protegida em móvel (1x #.75-#4). A parada está no topo da laca.

2a enfiada – A via segue em agarrência bem protegida até a P2.

É bem provável que seja possível emendar a 1a e a 2a enfiada, principalmente se sair pela laca.

3a enfiada – A via sai à esquerda para ganhar um platô e depois volta à direita fazendo uma travessia delicada até ganhar outro platô. Recomenda-se não costurar a parada seguinte e ir direto para outra parada mais acima. Usando costuras longas é possível emendar essa enfiada com a próxima que segue em diagonal à direita dominando mais dois platôs até a parada.
4a enfiada – A saída é um pequeno lance de envergadura e depois segue em agarras boas até a parada.

5a enfiada – Travessia em artificial A1 de grampo sobre grampo até uma parada que fica junto à chaminé. Essa enfiada pode ser integralmente escalado em livre com graduação sugerida em 7a.

6a enfiada – A enfiada segue em direção ao buraco, toda protegida com grampos. Não parar na primeira parada, seguir até a caverna onde há uma parada dupla dentro.

Descida- A via pode ser descida com uma corda de 60m (recomendável).
Data de referência: 01/11/2019.
Naoki (Naoki Arima) 05/11/2019 15:55:33
voltar pro início da página



©2003-2020  José Márcio M Dorigueto   -  Melhor visualizado em 1024x768