Anúncio Patrocinado
Detalhes do Curso Básico de Escalada Saiba detalhes do Grampo P de Inox Muro de escalada para pequenos ambientes
 Início    ACE    Biblioteca    Atas    Croquiteca    Links    Blogs    Fotos    Anúncios    Inscrição    Associados    Participantes
 Locais Detonados     Denuncie     Relate Acidente     Notícias     Fale Conosco     Área Restrita     Registrar Croqui 
"Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo." Osho

 

Destruição do Patrimônio Natural Capixaba
Fotos   |   Denunciar

Ao longo das últimas décadas a atividade mineradora no Espírito Santo vem se expandindo rapidamente. Apesar de gerar empregos e levar renda também a pequenos proprietários rurais, a atividade vem ocasionando danos ambientais terríveis e, muitas vezes, irreversíveis.

A mineração em si, já é uma atividade não sustentável, ou seja, o que foi extraído nunca mais será reposto, e existem procedimentos que têm que ser utilizados para minimizar o impacto ambiental da atividade, como cobertura vegetal, preservação de cursos d'água e da paisagem cênica, manutenção da flora e da fauna da região, controle sobre poluição sonora e disposição de rejeitos, etc. Empresários honestos e conscientes da sua responsabilidade já investem nestes procedimentos e não é justo que o mal empresário penalize todo o setor com sua ganância e inconsequência.

A legislação, tanto federal quanto estadual e municipal, regulamenta de um modo geral a atividade, mas os licenciamentos também possuem condicionantes e termos específicos de conduta para seu funcionamento. E aí entra nossa contribuição ao Órgão Estadual gestor e fiscalizador da mineração de rochas: denunciar as extrações ilegais ou conduzidas de forma equivocada.

Ao se deparar com uma pedreira repare nos detalhes de como está sendo feita a atividade e se possui uma placa bem visível e com menos de 5 anos especificando o n° de seu licenciamento de funcionamento. Se achar que algo está errado anote tudo que puder para passar para a fiscalização do IEMA: nome da localidade, da cidade, da pedra, do proprietário, da licenca, coordenadas geográficas e o que mais achar interessante e que sirva de ajuda aos profissionais do Órgão. Faça também fotos do estrago e envie juntamente com os dados anotados para nós para que possamos publicar no site.

Alguns exemplos de depredações: 

Água Doce do Norte Clique na foto para ampliar
Aylton Júnior Aylton Júnior
Provável extração ilegal a 3Km da sede do município, na direção de Córrego Azul. O estrago ambiental é muito grande, inclusive com erosões absurdas. Pedreira dentro de Córrego Azul. A vila é um lugar fantástico, situada entre 2 colossos de pedra. O barulho, o estrago na paisagem e a disposição de qualquer modo dos rejeitos estão afetando a vida do lugar.
Retornar ao início da página

Castelo Clique na foto para ampliar
André Ilha André Ilha
Extração na localidade de São Luís. A pedra maior é a linda Pedra Pontuda, ótima para escalar, e a da direita é a Jardim, local de romaria anual. Belezas cênicas para sempre destruídas. Rejeitos em São Luiz, Castelo.
André Ilha André Ilha
Rejeitos em São Luiz, Castelo. Rejeitos jogados dentro do Córrego São Luiz, Castelo.
André Ilha
Rejeitos jogados dentro do Córrego São Luiz, Castelo.
Retornar ao início da página

Nova Venécia Clique na foto para ampliar
Miguel André Ilha
Caminhão visto da escalada transportando pedras para exportação. A não recuperação da área degradada permite ao mal empresário a venda a preços baixíssmos no mercado. Esta é a atividade mineradora: a mancha central alaranjada é o local onde antes havia uma montanha idêntica à que aparece logo à sua direita. Vamos esperar que acabem com todas?
André Ilha André Ilha
Pedreira em Nova Venécia extraindo rochas em locais com mais de 45° de inclinação, o que não é permitido por lei. Extração de rocha em local não apropriado em Cristalina. Além de destruir toda a beleza da região o local não é adequado para a atividade e dificilmente será recuperado.
André Ilha André Ilha
A Pedra da Fortaleza, ao fundo, uma das bonitas e imponentes do estado, passa despercebida devido ao estrago na montanha menor causado pela extração descontrolada. Pedreira em local não adequado. Dificilmente se conseguirá devolver ao lugar sua beleza original, prejudicando sua exploração para o turismo sustentável.
André Ilha André Ilha
Pedreira de pequeno porte com grandes efeitos negativos. Não existe preocupação por parte de alguns empresários em providenciar uma cobertura vegetal que minimize o impacto da extração sobe a beleza cênica. Pedreira vista de cima da Pedra da Fortaleza. Ao fundo pode-se ver os Três Pontões de Águia Branca.
André Ilha André Ilha
Pedreira da Monte Horeb – aos pés da Fortaleza, em Nova Venécia, uma das mais bonitas montanhas do estado. Pedreira da Monte Horeb – aos pés da Fortaleza, em Nova Venécia, uma das mais bonitas montanhas do estado.
André Ilha André Ilha
Pedreira na Pedra do Elefante : um dos maiores crimes ambientais qua já se cometeu em solo capixaba. Pedreira na Pedra do Elefante. Vale a pena beneficiar um empresário em detrimento de todos os capixabas?
André Ilha André Ilha
Pedreira em Cristalina – estrada de acesso a Cristalina, a partir de Nova Venécia. Pedreira em Cristalina – estrada de acesso a Cristalina, a partir de Nova Venécia.
André Ilha André Ilha
Estrago permanente no maior patrimônio rochoso de Nova Venécia: destruiram a tromba da Pedra do Elefante. O lucro vale isso? Detalhes do estrago na Pedra do Elefante. Parte de uma das pedras mais bonitas do mundo virou brita por causa de empresários ruins e governantes sem visão.
André Ilha André Ilha
Pedreiras em Nova Venécia – vista do topo da Fortaleza. Pedreiras em Nova Venécia – vista do topo da Fortaleza.
Retornar ao início da página

Vila Pavão Clique na foto para ampliar
Yuri Yuri
Pedreira destruindo vegetação nativa em locais de alta inclinação e lançamento dos rejeitos em direção ao vale mais próximo. Pedreira localizada entre Paulista e Vila Pavão.
Supressão da vegetação, secagem de nascentes e mal aproveitamento das jazidas são uma constante nas pedreiras capixabas.
Yuri Yuri
Localizada na estrada entre Paulista e Vila Pavão. Supressão da vegetação, secagem de nascentes e mal aproveitamento das jazidas são uma constantes nas pedreiras capixabas. Detalhe de pedreira entre Paulista e Vila Pavão.
Além de jogar os rejeitos no ambiente, empresários gananciosos estão expondo seus funcionários a graves problemas de saúde.
Yuri
Pedreira dispondo seus rejeitos de qualquer maneira e agredindo fortemente o visual de quem passeia pelo local.
Retornar ao início da página

 








 
©2003-2017  José Márcio M Dorigueto   -  Melhor visualizado em 1024x768