Início    ACE    Biblioteca    Atas    Croquiteca    Links    Blogs    Fotos    Anúncios    Inscrição    Associados    Participantes
 Locais Detonados     Denuncie     Relate Acidente     Notícias     Fale Conosco     Área Restrita     Registrar Croqui 
"Se um dia perceberes que seus esforços não foram reconhecidos, não desista! Pois o rei sol faz todos os dias o seu espetáculo enquanto a maioria da platéia ainda está dormindo." autor desconhecido

  Via Pico da Foca
Cinco Pontões - Laranja da Terra
Catalogada por ZéMárcio
Graduação:  6° Vsup A1 
Tamanho:  380m 
Nº de enfiadas:  10 
Material necessário:  nuts pra 1ª enfiada
Cordeletes ou cabinhos de aço pros parafusos
Fitas para abandono 
Data da conquista:  1971 
Conquistadores:  Augusto Villela
José Carlos Braga (Paulista)
Rodolfo da Silveira Chermont
Rogério Ribeiro
Da escalada:  A base fica na aresta da esquerda da face sul,
Faz-se em 1 dia,
A sequência + difícel é o horizontal antes do platô
Parafusos do artificial entortando com peso do corpo
Fotos     Croqui     Veja quem escalou     Registre infos     Veja mais Infos


voltar pro início da página


voltar pro início da página


Gillan (Gillan Muniz Schirmer)   Tel: 27/98188007 26/10/2015
   (Pretende escalar)
voltar pro início da página


Se for inscrito no site clique aqui para fazer Login


Registre mais informações sobre a via
*Nome: 
Email: 
Telefone:   
Data:
    *Relato:
 
voltar pro início da página


Infos de quem escalou a via
Para reinterar o comprometimento nesessario nessa escalada. Houve um acidente com dois amigos daqui no RJ na via. O rapaz caiu guiando em cima de um plato e quebrou o pé. Uma sugestão para quem for é levar uns 20 parafusos para substituir os do primeiro artificial.
Data de referência: 22/10/2007.
Pedro moniz de Aragão   Telelefone: 21/92747280 22/10/2007
Apenas para complementar a mensagem do Pedro. Caí no platô logo abaixo de P3 quando uma agarra soltou. Deve-se prestar **bastante** atenção com agarras quebrando, essa é a principal dificuldade ao longo da via. Pelo menos até onde fomos, P3, há lances longos e protegidos por parafusos com muitas agarras duvidosas. Os lances mais expostos são protegidos por grampos novos de 1/2. Os parafusos da via assim como o piton logo depois de P1 estão tortos e bem oxidados.
Data de referência: 15/10/2007.
Rafael Rossi   Telelefone: 21/82423073 15/10/2007
*****Leve muitos cordeletes finos(tipo uns 15) para costurar na maioria dos parafusos do primeiro artificial, nesse artificial existe um granded potencial de queda(para mais de 40 metros) e costurando em todos os parafusos ha alguma chance se sobreviver.
*****Existem diversos materiais abandonados pela via, mosquetões, fitas...isso faz parte da estória da mesma e auxiliam em caso de perigo, não leve os materiais.
*****duas cordas são nescessarias(60m)para rapelar
*****16 pessoas em nove expedições estiveram no cume em 40 anos de via.
*****o segundo artificial da para fazer todo em livre(5 grau)e não pode cair(parafusos entortam).
*****O cume é alucinante, não existem costões finais, vc esta em uma pequena fenda, levanta a mão e pega em um grande abaulado, o cume.
*****existe livro de cume, é bom levar papel para deixar lá.
*****Eu fiz a 7 repetição da via, soube de mais duas repetições depois disso, do pessoal de vitoria.
Data de referência: 15/06/2002.
Pedro Moniz de Aragão   Telelefone: 21/25473786 15/06/2002
voltar pro início da página



©2003-2020  José Márcio M Dorigueto   -  Melhor visualizado em 1024x768