Início    ACE    Biblioteca    Atas    Croquiteca    Links    Blogs    Fotos    Anúncios    Inscrição    Associados    Participantes
 Locais Detonados     Denuncie     Relate Acidente     Notícias     Fale Conosco     Área Restrita     Registrar Croqui 
"Tudo que não puder contar como fez , não faça." Immanuel Kant

  Via dos Binda
Lajinha - Itaguaçu
Catalogada por ZéMárcio
Graduação:  4º V D2 E2 
Tamanho:  415m 
Nº de enfiadas: 
Material necessário:  2 cordas de 60m
6 costuras
2 fitas
 
Data da conquista:  29/Ago/2015 
Conquistadores:  José Márcio Moraes Dorigueto  (ZéMárcio)  Tel.27/9811.9945
Thiago Karapeba  (Karapeba)  Tel.27/9234.3765
Da escalada:  A via fica na propriedade da Família Binda, daí o seu nome.
Saindo de Itaguaçu siga a avenida principal em direção a São Roque (siga na avenida central da cidade até o início da ladeira, vire a esquerda e imediatamente a direita). Ande 1,5Km pela estrada de chão e vire em direção a Lajinha. Ande mais 5,5Km e chegará a um ponto onde a estrada se divide em 3 direções. Pegue a da direita. Uns 200m adiante já avistará as pedras. Siga por mais 2 Km até a propriedade do Sr José Binda, já no fundo do vale. A casa da fazenda é muito antiga e bem preservada.
Peça autorização para escalar e, se possível, passar com o carro ao lado da casa principal para seguir por mais uns 500m até uma casa branca desabitada.
Dali pegue à direita por uma trilha bem marcada. Num determinado momento vai passar entre dois esteios e logo depois por um riacho que pode estar seco. Siga mais adiante até um pequeno descampado e já estará de frente pra via. Neste local sinalizamos com um totem e uma pequena sacola amarrada numa árvore. Suba em direção à rocha. É uma subida mas o local é bom de caminhar, com umas trilhas feitas pelos animais.
Ao chegar na rocha sinalizamos o início da via também com uma sacola amarrada numa árvore.
Suba um pouco mais de 30m pela rocha e já estará na primeira chapeleta. Nós nos equipamos neste ponto. A seg é feita nas árvores ao lado. Utilize-as também para o rapel.
Além deste acesso inicial, a via tem 7 enfiadas e uma caminhada de mais 50m até o cume.
Utilize cordas de 60m, 6 costuras e umas duas fitas para alongá-las. É uma via totalmente limpa, sem necessidade de utilizar a pouca vegetação presente em alguns trechos da rocha.
As primeiras enfiadas são bem fáceis, principalmente a segunda e a terceira. Na quinta e sexta enfiadas a rocha fica um pouco mais vertical, exigindo uma escalada mais técnica, mas sempre com agarras.
Do cume, que é bem alto, se avista toda a região. A Pedra do Barro Preto ficará bem abaixo, os 5 Pontões ficará no mesmo nível e a Paulista ao seu lado.
Fizemos a descida por rapel, mas parece ser possível descer caminhando.
Uma das coisas que nos impressionou é a ausência de ruídos humanos no vale.
Fotos     Croqui     Tracklog     Veja quem escalou     Registre infos    


voltar pro início da página


voltar pro início da página


Naoki (Naoki Arima) 05/11/2019 16:18:27
   Finalizada


Gillan (Gillan Muniz Schirmer)   Tel: 27/98188007 31/03/2016 20:41:45
   Finalizada   Em:25/03/16


Eric (Eric Penedo)   Tel: 27/99464288 28/10/2015
   Finalizada


Sandro (Sandro Rodrigo Aniceto de Souza)   Tel: 27/92270048 27/10/2015
   Finalizada
voltar pro início da página


Se for inscrito no site clique aqui para fazer Login


Registre mais informações sobre a via
*Nome: 
Email: 
Telefone:   
Data:
    *Relato:
 
voltar pro início da página



©2003-2020  José Márcio M Dorigueto   -  Melhor visualizado em 1024x768