Início    ACE    Biblioteca    Atas    Croquiteca    Links    Blogs    Fotos    Anúncios    Inscrição    Associados    Participantes
 Locais Detonados     Denuncie     Relate Acidente     Notícias     Fale Conosco     Área Restrita     Registrar Croqui 
"O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo..." Mário Quintana

  Via Face Oeste do Pontão Médio
Três Pontões - Águia Branca
Catalogada por ZéMárcio
Graduação:  D4 4° IVsup 
Tamanho:  450m 
Data da conquista:  16/Mai/2001 
Conquistadores:  Alexandre Diniz
André Ilha
Kate Benedict
Da escalada:  A via segue mais ou menos a aresta que separa sol e sombra na foto. É uma via longa porém tranqüila. O Pontão Médio é o que está à esquerda na foto.

A estrada para os Três Pontões começa bem ao lado da ponte da cidade. O acesso fica um pouco antes do que para o Pontão Maior, em uma fazendola na junção entre o Pontão Médio e um outro morrão à direita.

Quase tão grande quanto o seu vizinho, este não possui nenhum sistema de fendas que sugerisse proteção móvel.

Caminhada curta até o colo entre as duas e depois pegar os costões à esquerda até à base da via.

Pedir autorização ao Sr. Ademiro Schrieber, proprietário da fazenda que dá acesso ao costão inicial.

Trata-se de uma escalada moderada de agarras, com eventuais passadas em aderência, e algum trepa-mato, protegida com 34 grampos de ½”, sem proteções móveis.

A via tende sempre para a esquerda, em direção à aresta que, na verdade não é percebida como tal por ser muito larga, fazendo uma suave transição para a face norte, muito lisa e vertical.

Em seguida, duas longas horizontais para a direita, em platôs de vegetação, antecedem o cume, onde, sob uma casinha feita com lacas de pedras, encontra-se o livro de cume, eternizando a façanha dos conquistadores.

Não esqueça de levar um saco plástico para substituir o que fica protegendo a marmita do livro de cume. Uma caneta também é uma idéia.
Fotos     Croqui     Veja quem escalou     Registre infos     Veja mais Infos


voltar pro início da página


voltar pro início da página


ZéMárcio (José Márcio Moraes Dorigueto)   Tel: 27/981199450 29/10/2015
   Finalizada


Gillan (Gillan Muniz Schirmer)   Tel: 27/98188007 26/10/2015
   (Pretende escalar)


Sandro (Sandro Rodrigo Aniceto de Souza)   Tel: 27/92270048 26/10/2015
   Finalizada
voltar pro início da página


Se for inscrito no site clique aqui para fazer Login


Registre mais informações sobre a via
*Nome: 
Email: 
Telefone:   
Data:
    *Relato:
 
voltar pro início da página


Infos de quem escalou a via
Eu, karapeba, Sandro e DuNada conseguimos fazer a 2ª repetição desta via (a 1ª foi em 2005). Muito bacana, mas bem longa e que requer todo um dia. Começamos às 7:30h e gastamos quase 12h para voltar. Legal não se iludir com seu 4ºgrau. A via exige. Parabéns aos conquistadores.
Data de referência: 02/06/2012.
ZéMárcio (José Márcio Moraes Dorigueto)   Telelefone: 27/981199450 02/06/2012
Nenhuma passada é especialmente difícil como o grau sugere, mas você pode ficar em uma situação complicada se não achar os grampos. Por isso é importante escalar com o croqui à mão e mirar o lugar provável onde deve estar o próximo grampo. Vale notar que o croqui está bastante preciso na direção do pontilhado. Pode confiar nele.

Em nossa repetição, usando corda de 60m, fizemos as paradas em bons lugares considerando o melhor rendimento dos esticões e conforto. Pra referência, as paradas foram:
[Parada #, Grampo e (tamanho aproximado)]
P1 no 7º (60m); P2 no 13º (60m); P3 no 16º (60m); P4 no 20º (60m); P5 no 24º (56m); P6 no 28º (53m); P7 32º (<60m) e P8 no 34º (<60m).
Se a corda for um pouco maior que 60m já dá uma folguinha nos quatro primeiros esticões, que ficam no limite.

Duas cordas facilitam muito a descida.

É aconselhável levar fitas/costuras bem longas.

Data de referência: 02/06/2012.
Sandro (Sandro Rodrigo Aniceto de Souza)   Telelefone: 27/92270048 02/06/2012
No dia 07/02/2004 Oswaldo Crus e eu (Fernando Baia) fomos a Aguia Branca para podermos refazer a via de Andre Ilha. Apesar de termos tomado um banho faltando uns 100 a 150 metros para chegarmos ao cume da via,ficamos muito felizes de termos feito ela pois creio eu que fomos os primeiros a fazela apos seu termino.
A via em se não tem nada de complexa ,apesar de varios esticões e muito gravata,cujos quais reduzem a velocidade da decida, foi muito bem grampiada e é uma escelente via para se escalar a fracesa. No mais tudo em ordem.
Data de referência: 07/02/2004.
Tocão (Fernando Rodrigues Baia)   Telelefone: 27/92311252 07/02/2004
voltar pro início da página



©2003-2020  José Márcio M Dorigueto   -  Melhor visualizado em 1024x768